• NOTICIAS

      08/11/2017 | Preço do imóvel em Campinas

      Preço do imóvel em Campinas registra leve recuperação em outubro

      Valor do m2 para venda ficou em R$ 5.553, com alta de 0,01%, contra queda de 0,08 em setembro

      Após meses de quedas sucessivas, o preço de vendas de imóveis em Campinas registrou uma pequena recuperação no mês de outubro, segundo o Índice FipeZap – que acompanha o preço de venda de imóveis residenciais em 20 cidades brasileiras. No mês passado, houve alta de 0,01% do metro quadrado para venda, frente à variação negativa de 0,08% de setembro. A média nacional em outubro não teve variação, ficando em 0, de acordo com o levantamento divulgado na semana passada.

      De acordo com o levantamento, o preço médio do m2 para venda em Campinas foi de R$ 5.553. o 13º valor do ranking das 20 cidades pesquisadas mensalmente. A média das 20 cidades foi de R$ 7.633, o que mostra que o valor do imóvel na cidade ainda tem grande espaço para recuperação nos próximos anos, analisa o presidente da Associação das Empresas do Setor Imobiliário e da Habitação de Campinas e Região (Habicamp), Francisco de Oliveira Lima Filho.

      No acumulado de janeiro a outubro, o valor do m2 em Campinas se mantém negativo em 0,67%, frente a 0,56% da média nacional. Já no acumulado dos últimos 36 meses, o índice é de 0,60% negativo. Apenas Belo Horizonte, Florianópolis, São Paulo, Vila Velha (Espírito Santo), Curitiba e Goiânia tiveram saldo positivo maior no valor do m2 ao registrado em Campinas no acumulado entre Outubro de 2016 e outubro de 2017.

      Para Oliveira Lima, a queda de preços para vendas se deve, especialmente, á dificuldade das famílias para obtenção de linhas de financiamento para aquisição de imóveis nos últimos dois anos, fato que prejudicou os negócios, contribuindo para a retração dos preços. "Muitos proprietários tiveram que reduzir os valores pedidos em seus imóveis para fechar negócios", afirma. "Também tivemos uma forte retração de demanda de novos imóveis, com as construtoras segurando lançamentos à espera de um melhor momento do mercado e da volta dos financiamentos", pondera.

      Para o presidente da Habicamp, este quadro de paralisia do mercado imobiliário em Campinas e região já começa a apresentar sinais de retomada, com vários lançamentos sendo realizados não apenas em Campinas, mas em muitas cidades da região. "Nossa expectativa é que os preços se recuperem nos próximos 12 meses, de forma lenta, mas gradual e sustentável", completa.





  • VIP IN TOUCH

  • CONTACT

  • Revista Vip Virtual

  •