• NOTICIAS

      13/03/2018 | Suzikelli Souza - médica endocrinologista

      A PREVENÇÃO DO DIABETES COM O CONTROLE DA ALIMENTAÇÃO

      A médica endocrinologista, Suzikelli Souza, afirma que toda pessoa com sobrepeso ou  obesidade aumenta muito o risco de se tornar um paciente diabético, caso não faça um controle de sua alimentação.

      O diabético aumenta suas possibilidades de ter pressão alta, problemas na vesícula, nos rins e nas articulações.

      O sobrepeso ou a obesidade são dois indicativos para que uma pessoa possa ter diabetes. A afirmação é da médica endocrinologista, Suzikelli Souza, que na prática diária do consultório, avalia o crescimento contínuo de pessoas com sobrepeso ou obesidade, que já estão com diabetes.

      Diabetes é uma doença crônica na qual o corpo não produz insulina ou não consegue empregar adequadamente a insulina que produz.
      A insulina é um hormônio que controla a quantidade de glicose no sangue. O corpo precisa desse hormônio para utilizar a glicose, que obtemos por meio dos alimentos, como fonte de energia. Quando a pessoa tem diabetes, no entanto, o organismo não fabrica insulina e não consegue utilizar a glicose adequadamente. O nível de glicose no sangue fica alto – ocorre  a hiperglicemia. Se esse quadro permanecer por longos períodos, poderá gerar danos em órgãos, vasos sanguíneos e nervos.

      Prevenção – A médica Suzikelli Souza alerta para que as pessoas se conscientizem que a doença pode ser prevenida ou retardada, através de exercícios físicos e de uma alimentação adequada. “Quando as pessoas entenderem isso, podem retardar o aparecimento do diabetes até por 15 anos ou mais”, acrescentou.

      Suzikelli Souza explicou que as pessoas precisam entender que “não se trata apenas de reduzir peso, mas sim de reduzir uma série de outras doenças, como hipertensão, cálculo e alguns tipos de câncer, relacionados ao sobrepeso e a obesidade”.

      Alimentação – A endocrinologista enfatiza que as pessoas sempre acham quer basta reduzir o consumo do açúcar do doce. “Não é somente esse açúcar. Tem o açúcar dos carboidratos – no arroz, na batata, pão e macarrão. Se comer demais esses carboidratos, aumenta a tendência de ter diabetes”.

      Suzikelli Souza afirma que as pessoas precisam estar atentas para o fato que existem vários tipos de açúcares – o açúcar refinado doce, a frutose que é o açúcar das frutas e o denominado macro açúcar, que está no pão, arroz, macarrão e batata. “As pessoas precisam entender que não precisam do açúcar refinado para viver, mas sim do açúcar complexo da fruta ou do arroz”.

      A médica relata que é muito comum as pessoas informarem, por exemplo, que comem arroz, batata e depois do almoço duas laranjas. Elas estão provocando assim uma sobrecarga ao ingerir vários tipos de açúcares. Ela recomenda a ingestão de apenas um açúcar por vez.

      “É fundamental que as pessoas entendam que o conceito do diabetes não se resume apenas a diminuição do consumo de doces ou do açúcar refinado, mas também de outros tipos de açúcares. Portanto, não devem consumir de forma exagerada os carboidratos”, finalizou a endocrinologista.

      Foto: Roncon & Graça Comunicações





  • VIP IN TOUCH

  • CONTACT

  • Revista Vip Virtual

  •