• Guia do Arquiteto

      02/09/2015 | MRV Engenharia - Reúso de Água

      REGIONAL CAMPINAS DA MRV ADOTA SISTEMA DE REÚSO DE ÁGUA EM OBRAS DE 18 CIDADES, QUE TERÃO “TORNEIRAS VERDES”. CAPACIDADE DE ARMAZENAGEM CHEGA A SEIS MILHÕES DE LITROS

      Em uma ação inédita, esses sistemas instalados nos empreendimentos da Regional Campinas, têm capacidade para armazenar um total de 6 milhões de litros de água pluvial para reúso, o que equivale ao  consumo médio de 6 mil residências.

      Diretor de Produção da MRV Engenharia, Túlio Pereira Barbosa, afirmou que os futuros moradores desses empreendimentos, passarão a contar nas áreas comuns, com as chamadas “torneiras verdes”, que possibilitarão lavagem e irrigação  dos jardins com a água pluvial armazenada.
       

      A crise hídrica é um motivo de constante preocupação por parte das empresas e toda economia no reúso de água, representa uma ação sustentável importante, que pode servir de exemplo e estímulo a outras iniciativas dessa natureza. Pensando nisso, a equipe de técnicos da MRV Engenharia, desenvolveu um sistema para o aproveitamento da água da chuva, em diversos serviços executados dentro do canteiro da obra e que posteriormente será incorporado para o uso dos futuros moradores desses empreendimentos em tarefas comuns, como lavagem de áreas externas e irrigação dos jardins. O diretor de Produção da MRV, Túlio Pereira Barbosa, afirmou que o sistema implantado nos empreendimentos de 18 cidades da Regional Campinas da construtora, que correspondem a construção de 8 mil unidades habitacionais, tem a capacidade de armazenar conjuntamente 6 milhões de litros de água pluvial para reúso, o equivalente ao consumo médio de 6 mil residências.

      Atualmente nos canteiros das obras da Regional Campinas da MRV, essa água proveniente da chuva é utilizada para lavagem de áreas comuns e de ferramentas. O sistema de captação pluvial consiste de uma bomba de sucção e uma mangueira trançada, que retira a água da chuva, que se acumula dentro de caixas de retenção instaladas no local. Essa água acumulada, depois é bombeada para esses diversos usos.

      Torneiras Verdes – A MRV vai disponibilizar esse mesmo sistema também para os futuros moradores dos empreendimentos, que passarão a administrar o seu uso. “Vamos instalar em áreas comuns dos empreendimentos, o que denominamos de torneiras verdes, porque terão exclusivamente água pluvial oriunda desse sistema de retenção. Essa água será destinada à lavagem dessas áreas externas e irrigação de plantas e jardins. Estamos acreditando que esse sistema vai contribuir para ampliar a consciência das pessoas, sobre a importância de ações voltadas para a sustentabilidade”, acrescentou o diretor da MRV.

      Para a MRV Engenharia, a adoção de ações sustentáveis, como reúso de água, seja pelos seus colaboradores nos canteiros de obras, seja pelos futuros moradores desses empreendimentos, faz parte dos objetivos da empresa, em disseminar a cultura da sustentabilidade. “Essas ações práticas, nos estimulam a outras ideias, como a implantação de bicicletários nos nossos empreendimentos, para que os moradores possam realizar tarefas do seu cotidiano, como comprar pão na padaria, utilizando a bicicleta como meio de locomoção. Faz bem para a saúde dela e ajuda a melhorar o meio ambiente, porque está sendo utilizado um meio de transporte não poluente. A MRV está empenhada em apoiar e desenvolver essas ações”, explicou Túlio Pereira Barbosa.

       

      A MRV Engenharia

      Fundada em outubro de 1979, em Belo Horizonte, a MRV Engenharia é líder nacional no mercado de imóveis econômicos. Em 35 anos de atividades, vendeu mais de 250 mil unidades. É a única construtora brasileira presente em mais de 133 cidades de 19 Estados e no Distrito Federal. No primeiro semestre de 2015 a companhia vendeu 18.361 unidades e lançou 13.570 imóveis.

      Foto:  Roncon & Graça Comunicações





  • VIP IN TOUCH

  • CONTACT

  • Revista Vip Virtual

  •