• Guia do Arquiteto

      10/05/2016 | Campinas Decor 2016

      Palácio de Cristal, localizado no belo Lago do Café, abriga 21ª edição da Campinas Decor a partir do dia 13

      Imponente prédio todo envidraçado e cercado por espelho d´água será cenário da principal mostra de arquitetura, decoração e paisagismo do interior paulista

       

      A partir de sexta-feira, 13 de maio, o Palácio de Cristal, prédio da década de 1970 localizado no parque Lago do Café (Av. Dr. Heitor Penteado, 2.145), será cenário de uma das mais belas edições da Campinas Decor, principal mostra de arquitetura, decoração e paisagismo do interior paulista. Com arquitetura imponente e cercada por espelho d´água, a construção histórica irá abrigar 52 ambientes internos e externos preparados por 73 dos mais renomados profissionais do setor na cidade e região.

      Até 26 de junho, os visitantes do evento, que chega ao seu 21º ano, poderão conferir as tendências e o que há de novo no segmento em um passeio completo, com direito a restaurante, café e uma brinquedoteca completa para que os pequenos se divirtam enquanto os pais conhecem a mostra. 

      A parte inferior abriga a residência de uma família fictícia, com diversas salas, banheiros, suítes e home cinema, além dos ambientes funcionais para atendimento aos visitantes, como o restaurante. No segundo piso,  café, lofts e estúdios variados. Destaque também para a ampla área externa, destinada aos projetos de paisagismo, com jardins e praças diversos.

      A realização da Campinas Decor no parque foi viabilizada devido a um termo de permissão de uso firmado entre a organização do evento e a Secretaria Municipal de Cultura. O termo tem como objetivo a cooperação entre o governo municipal e a iniciativa privada para a conservação do prédio.

      Organização e expositores recuperaram o imóvel assinado pelo arquiteto Roberto José Goulart Tibau, em 1971. Erguida na época para receber o Instituto Brasileiro do Café, a construção abrigava até o início deste ano o Arquivo Municipal de Campinas.

      O prédio projetado por Tibau possui forte influência do estilo do arquiteto franco-suíço Le Corbusier, pela predominância do concreto aparente, tirando partido da robustez e vigor que o emprego do material viabiliza. A obra em escala monumental se funda no jogo entre o vidro e as possibilidades escultóricas do concreto armado.

      No total, foram investidos cerca de R$ 7 milhões na preparação da mostra, divididos entre a organização, expositores, patrocinadores e fornecedores.  A expectativa da organização é receber um público similar ao das edições anteriores, em torno de 30 mil visitantes.

      Na opinião das organizadoras, Stella Pastana Tozo e Sueli Cardoso, devido à amplitude dos espaços, suntuosidade e beleza do prédio, a edição 2016 promete ser uma das mais marcantes dos últimos anos.

      "A belíssima construção foi um estímulo à criatividade dos expositores, que se superaram e criaram ambientes surpreendentes", afirma Sueli. Ela complementa que os projetos se adequaram perfeitamente à arquitetura do prédio e ao paisagismo já existente no local.

      Sua sócia, Stella, acrescenta a importância da parceria com a prefeitura. "Ajudar a conservar e recuperar um patrimônio público dá um significado a mais ao nosso evento, pois acabamos beneficiando a cidade e a população como um todo."

      Além da organização e dos arquitetos, decoradores e paisagistas que participam do evento como expositores, o trabalho de conservação do prédio e preparação da mostra envolveu um verdadeiro exército de profissionais, como pedreiros, pintores, marceneiros, eletricistas, entre outros. Em horários de pico, o cenário de uma Campinas Decor chega a concentrar cerca de 500 pessoas trabalhando ao mesmo tempo. No total, a mostra gerou cerca de 1.500 empregos durante a fase de preparação e outros 100 durante seu funcionamento.

      A Campinas Decor 2016 será a sexta edição da mostra a acontecer em um prédio de propriedade pública. A primeira iniciativa nesse sentido aconteceu em 2003, justamente no Lago do Café, com a recuperação do casarão existente no local. Depois vieram a Estação Guanabara (2008), o Instituto Agronômico de Campinas (nas edições de 2009 e 2010, em locais diferentes) e a Estação Cultura (2011).

      Como já é tradição, a organização criou uma família fictícia para nortear o trabalho de criação dos expositores que. Em 2016, o time de profissionais trabalhou para atender aos anseios e estilo de vida dos Fonseca, um clã moderno, formado por um casal, três filhos e um cão, mascote e xodó de todos.

      O pai, o médico Pedro, de 46 anos, joga tênis e é apaixonado por esportes náuticos. Romântico, não abre mão de viajar com a família. É casado com Cláudia, 44. Artista plástica, ela adora assistir a filmes e séries de TV, principalmente quando está na presença dos filhos. Fez da jardinagem um hobby e adora cozinhar para amigos e família.

      Carol e Paty são gêmeas idênticas de 14 anos. Sempre estão conectadas nas redes sociais compartilhando suas experiências. Depois da escola, uma delas calça suas sapatilhas para o ballet, enquanto a outra pratica hipismo e ainda toca piano. São donas do pequeno Billi, um cachorro que é membro da família também.

      O mais novo membro do clã Fonseca é Téo, 8 meses. Pequeno e alegre. Já percebe-se que vai ser piloto. Arrisca algumas palavras e logo deve dar seus primeiros passos.

      Inspirado no modo de vida dessa família, o time de expositores, formado por arquitetos, designers de interiores, paisagistas, engenheiros civis e engenheiros agrônomos, chegou a um resultado final marcado pelo estilo contemporâneo. O toque "industrial", com muito concreto, aço, tubulações, vigas e conduítes aparentes, mostra-se tendência.

      Outras constantes entre os projetos são os móveis de design, cada vez mais valorizados. Novos estilos de morar também são o mote desta edição, que mescla em uma mesma construção ambientes tradicionais de uma casa a lofts e estúdios, tendência nas principais metrópoles no Brasil e no mundo.

      O paisagismo aparece simplificado, cheio de praticidade, e mostra que os jardins verticais vieram para ficar. As obras de arte são as mais democráticas, incluindo de ícones como Burle Marx a artistas de rua.

      Na paleta de cores, muito cinza, preto, branco, verde e azul, pontuado de tons fortes como o Marsala e o laranja, sempre com muita elegância e harmonia.

      A tecnologia se faz presente mais uma vez, com muita automação, em toda a casa,     dos quartos à lavanderia, tornando o dia a dia mais fácil.

       

      Sobre a Campinas Decor

      Criada em 1996, a Campinas Decor consolidou-se como a principal mostra de arquitetura, decoração e paisagismo do interior de São Paulo. Ao longo dos anos, tornou-se uma grande vitrine do trabalho realizado pelos expositores, além de uma oportunidade única para fornecedores e patrocinadores divulgarem sua marca e seus últimos lançamentos. À frente da realização do evento desde 2001, as empresárias Stella Pastana Tozo e Sueli Cardoso transformaram a mostra em um evento de grande visibilidade não só na região, mas em âmbito estadual e nacional.

       

      Os excelentes resultados obtidos ao longo dos anos trouxeram a parceria e a obtenção de patrocínio junto a grandes empresas. Em 2016, o time de patrocinadores é formado por Weiku do Brasil (janelas e portas em PVC), Decorbanho (com as marcas Deca, Mekal e Doka Bath Works), HunterDouglas (cortinas e persianas), MaxHaus Campinas, Ateliê Revestimentos e Grupo Sempre. Também foram assinados contratos de apoio com a Controllar Automação Predial, Oficina do Estudante, EBES – Energia Elétrica Solar, 3M, Tecprag e CPFL. A Campinas Decor 2016 conta ainda com apoio técnico da Lattaro Engenharia.  Em relação à mídia, o evento tem como patrocinadores e apoiadores a Revista Metrópole, GM7, EPTV e CBN.

       

      Serviço

      Campinas Decor 2016

      Quando: de 13 de maio a 26 de junho

      Onde: Palácio de Cristal, localizado no Lago do Café (Av. Dr. Heitor Penteado, 2.145, Parque Taquaral, Campinas, SP)

      Horários: de terça a sexta-feira, das 14h às 22h; sábados, domingos e feriados, das 12h30 às 22h (bilheteria fecha às 21h)

      Valor dos ingressos: R$ 35,00; estudantes e idosos pagam R$ 17,50 e crianças de até 12 anos não pagam

      Passaporte Campinas Decor: R$ 70,00, com visitas ilimitadas

      Serviços disponíveis: café, restaurante, recreação infantil e estacionamento com manobrista

      Telefone para informações: (19) 3255-7744

      www.campinasdecor.com.br





  • VIP IN TOUCH

  • CONTACT

  • Revista Vip Virtual

  •