• Guia do Arquiteto

      27/07/2016 | Kalanchoes conquistam jardins dos shopping

      Paisagismo - Kalanchoes conquistam jardins dos shopping centers e centros comerciais

      Além das cores vivas e alegres o sucesso dessas flores é creditado à durabilidade proporcionada pela resistência ao hormônio do envelhecimento, a sua fácil adaptação aos ambientes climatizados e com pouca luminosidade e à baixa manutenção que exige apenas uma rega por semana.

      O grande mix de cores, a alta durabilidade das flores, a baixa manutenção e, principalmente, a disponibilidade nos 12 meses do ano fizeram com que os kalanchoes conquistassem as floreiras que integram os projetos paisagísticos dos shopping centers e dos grandes centros comerciais. Conhecidos popularmente como Flor-da-fortuna e Flor-do-papai, os kalanchoes também são flores alegres, que quebram os tabus e a predominância das plantas verdes na humanização dos espaços característicos pela grande quantidade de concreto e vidro.

      O departamento de paisagismo do grupo Iguatemi opta pelos kalanchoes na composição de seus projetos. Daniel Lotufo, gerente geral do Shopping Center Iguatemi Campinas, explica, como exemplo, que a grande variedade de cores dos kalanchoes ajuda muito na composição do paisagismo que exige, no caso dos centros comerciais, atenção especial às datas temáticas.

      “No Natal, naturalmente, optamos pelo vermelho. Para o Dia dos Namorados plantamos a variedade Purple Jodie, que puxa mais para o pink. No Outubro Rosa, que também já faz parte do nosso calendário fixo de datas especiais, utilizamos no último ano a variedade Carrie, que puxa para o rosa bebê. Já tivemos decoração da Pátria (branco e amarelo),  da Paz (branco) etc.. Embora nós procuremos manter um padrão, adoramos as novidades e cores que essas flores proporcionam”, explica.

       Mas não são apenas as cores vivas, fortes e alegres que tornam os kalanchoes tão atraentes nos imensos ambientes dos grandes centros comerciais,  onde as flores são imprescindíveis para torna-los mais leves e agradáveis, proporcionando a sensação de bem estar. A durabilidade das flores, que evita trocas constantes, é outro componente importante para adubar o comércio dessas delicadas flores.

       Para manter o paisagismo mais decorativo e alegre no Shopping Iguatemi Campinas são utilizados cerca de dois ou três mil vasos de kalanchoes por mês. Pela alta definição das cores, muito vivas, essas flores facilitam a composição com as plantas verdes e com a própria decoração do estabelecimento.

      Resistência ao envelhecimento

      Considerado um dos maiores produtores de kalanchoes  do Brasil, com duas unidades produtoras em Holambra, a 140 km da Capital Paulista, o Grupo Swart revela que o segredo do sucesso dessas flores nos projetos paisagísticos e na decoração de ambientes está, principalmente, na sua durabilidade.

      O Grupo Swart trouxe da Dinamarca variedades de kalanchoes resistentes ao etileno, o hormônio natural das plantas, responsável pelo controle do seu amadurecimento e envelhecimento.  Desta forma, as flores produzidas por eles tornam as plantas mais duráveis. Para se ter uma ideia, as flores permanecem vistosas por mais de quatro semanas tanto em vaso como na água (kalanchoes de corte). Essa resistência ao etileno traz como uma das vantagens para os paisagistas, por exemplo, a redução do período de substituição dos canteiros.

      “Temos muito trabalho com a manutenção geral do paisagismo e a reposição impacta diretamente nas outras tarefas. Nós trabalhamos com um orçamento fechado no ano para a compra de plantas. Assim, os ganhos em vida útil nos garantem uma significativa economia. Com os kalanchoes programamos a reposição, em média, a cada 30 dias, contra cerca de 15 dias de vida útil com outras espécies de flores”, compara Daniel.

       “Os kalanchoes já são destaque nas floriculturas e supermercados porque suas flores em cores vivas e alegres chamam a atenção. Além do charme de suas pequenas flores e da durabilidade proporcionada pela resistência ao hormônio do envelhecimento, a sua fácil adaptação aos ambientes climatizados (ar condicionado) e com pouca luminosidade e a baixa manutenção fazem com que essa planta reúna uma série de atrativos na composição custo x benefício x beleza para o paisagismo dos grandes centros comerciais”, resume Victor Schiavon, diretor do Grupo Swart.

       Produção

      O Grupo Swart conta com duas unidades produtoras de kalanchoes em Holambra, a 140 km da Capital Paulista. Por ano, são produzidos cerca de 6 milhões de vasos (kalanchoe  e kalanchoe dobrado nos potes 06, 11 e 15), além de aproximadamente 39 mil maços anuais de kalanchoe de corte. Seu mix oferece 12 cores diferentes. O Grupo Swart também é um dos principais produtores de rosas do país, mantendo unidades em Andradas (MG) e em Ubajara (CE), atendendo as exigências internacionais.  A produção anual é de, aproximadamente, 16 milhões de hastes de rosas.





  • VIP IN TOUCH

  • CONTACT

  • Revista Vip Virtual

  •