• Guia do Arquiteto

      13/09/2016 | Aquiles Nícolas Kílaris - Arquiteto

      Piscinas orgânicas: um pedacinho da natureza dentro de casa

      A arquitetura das formas orgânicas vem ganhando dia a dia mais adeptos e admiradores, pois confere aos projetos contemporâneos as formas harmoniosas da natureza. As piscinas são um ótimo exemplo desta tendência e cada vez mais, ganham curvas e linhas sinuosas.

      Precursor deste movimento, o arquiteto Aquiles Nícolas Kílaris tem uma explicação para o crescimento deste estilo arquitetônico. "As pessoas desejam trazer para dentro de suas casas o bem-estar que um cantinho de mata e um belo lago oferecem. Com as formas orgânicas conseguimos recriar toda esta energia no jardim", afirmou ele.

      Com a chegada das estações mais quentes do ano, a piscina e todo o seu entorno acabam se transformando no coração da casa, cenário de encontros animados e refrescantes. Por isso mesmo, os projetos assinados por Kílaris contemplam essa estrutura, associada com sauna, o spa e cascatas; elementos também projetados no mesmo estilo, trazendo de forma completa a natureza para dentro de casa.

      Bares aquáticos com banquetas de inox dentro da água e prainhas - onde as crianças podem brincar tranquilas e as espreguiçadeiras são colocadas para quem quiser tomar sol - são soluções inteligentes e que conferem beleza e conforto ao projeto. Pequenas ilhas com plantas verticais localizadas ao redor da piscina ajudam a compor o clima natural. Complementando a área de lazer, também é possível associar o espaço gourmet, salão de jogos e sala de ginástica.

      Espaço não deve ser uma preocupação, pois ninguém precisa ter um terreno enorme para construir uma piscina em casa. As possibilidades são inúmeras, tamanhos e formas podem ser adaptados para qualquer metragem. Usando bom senso e criatividade é possível construir uma área externa bonita e agradável.

      Caminhos com pedras brancas, barulho de queda d'água, palmeiras, leguminosas e um gramado bem cuidado são fundamentais. Em terrenos irregulares podemos utilizar o artifício conhecido como borda infinita, que simula uma linha do horizonte com a própria água.

      Toda a beleza desse espaço, também precisa ser realçada no período da noite. É fundamental pensar no projeto luminotécnico, tanto no paisagismo como na piscina. O piso mais indicado para ser colocado em volta da piscina é o atérmico, mas a pedra natural também pode ser usada. O importante é que a textura do revestimento evite acidentes na área molhada. É possível mesclar a pedra com um deck de madeira. Essa mistura possibilita um ar rústico e ao mesmo tempo elegante. A borda pode ser de mármore branco apicoado, que valoriza e realça as formas.

      Atualmente existem diversos revestimentos para as piscinas. A pastilha de porcelana especial é uma excelente opção. Com tamanhos e cores diferentes, é possível criar um cenário que reproduza o fundo do mar. As varandas localizados no piso superior e as portas de vidro nas salas e cozinha funcionam como integração entre as áreas internas e externas, trazendo para dentro dos ambientes este belo cenário. Que venha o calor!!

                           www.arquitetoaquiles.com.br
                           www.youtube.com/kilaris





  • VIP IN TOUCH

  • CONTACT

  • Revista Vip Virtual

  •